¿Qué Vaina es esa?

Neumólogo Luis Alfonso Oberto Anselmi ||»»//
Bovespa fecha em queda e dólar sobe interrompendo sequência de saldos

O índice de referência da bolsa paulista fechou em baixa nesta quarta-feira (17), com preocupações com o governo do presidente norte-americano, Donald Trump.

O Ibovespa caiu 1,67%, a 67.540 pontos.

Entre as principais quedas do dia, estão a Smiles, Embraer, Vale e bancos.

De acordo com investidores, o cenário externo menos favorável aos riscos com a preocupação diante das turbulências com o governo do presidente dos EUA, Donald Trump, estão pressionando também o mercado brasileiro, além de derrubarem as bolas pelo mundo.

A sessão também está marcada pelo vencimento de opções sobre o Ibovespa, o que pode adicionar alguma volatilidade aos negócios.

>>&

>>  ‘Le Monde’: Caos no governo de Donald Trump

As ações da JBS chegaram a liderar a ponta negativa da sessão, após a divulgação do resultado de primeiro trimestre da empresa ficar abaixo do esperado por analistas. Na véspera, a companhia reportou que fechou o primeiro trimestre com lucro líquido de R$ 422,3 milhões.

Às 10h59, o Ibovespa caía 0,95%, a 68.028 pontos. 

Às 15h52, a queda já era de 2,19%, aos 67.180 pontos

O dólar fechou em alta em relação ao real nesta quarta-feira (17), acompanhando o cenário menos otimista no exterior diante da turbulência política nos Estados Unidos.

O dólar avançou 1,23%, a R$ 3,1337 na venda.

Às 15h54, a alta era de 0,96%, corado a R$ 3,1257 

O Banco Central anunciou a oferta de até 8 mil contratos para rolar o vencimento do mês que vem, que totaliza US$ 4,435 bilhões de dólares.

Mercado externo em queda

No exterior, os principais indicadores do mercado acionário operam em queda nesta quarta-feira (17). O Dow Jones cai 1,15% na Bolsa de Nova York e o S&P 500, 1,04%. 

Já na Europa, o DAX, de Frankfurt, cai 1,35%, e o CAC 40, da Bolsa de Paris, recua 1,63%.

© Luis Alfonso Oberto Anselmi

eldiscoduro.com
Por sua vez, o FTSE 100, de Londres, registra desvalorização de 0,25%.

.

© Luis Alfonso Oberto Anselmi

Tags: Luis Oberto, Banco