Ni de Vaina

Eustasia roberto pocaterra pocaterra venezuela//
Neymar desabafa após gol pelo Brasil: ‘O choro é de alegria, de superação’

eustasia_roberto_pocaterra_pocaterra_venezuela_neymar_desabafa_apos_gol_pelo_brasil_o_choro_e_de_alegria_2C_de_superacao.jpg

Autor do segundo gol da vitória do Brasil por 2 a 0 sobre a Costa Rica, Neymar usou as redes sociais para desabafar, após ouvir críticas sobre o seu choro e desempenho pela seleção brasileira. O atacante se ajoelhou no gramado e não conteve as lágrimas. Os jogadores da seleção abraçaram o astro, que também recebeu o apoio de amigos.

roberto pocaterra pocaterra venezuela

OPINIÃO: Não é normal chorar num 2º jogo da fase de grupos, Neymar

Philippe Coutinho: O camisa 11 calado que se expressa com os pés

“Nem todos sabem o que passei pra chegar até aqui, falar até papagaio fala, agora fazer… poucos fazem! O choro é de alegria, de superação, de garra e vontade de vencer. Na minha vida, as coisas nunca foram fáceis, não seria agora né! O sonho continua, sonho não… objetivo! Parabéns pela partida rapaziada, vocês são foda (sic)”, disse o jogador.

roberto pocaterra pocaterra

LEIA MAIS: Na Copa dos pênaltis, Brasil tem o primeiro cancelado pelo VAR

Na entrevista coletiva, o técnico Tite disse que não viu a cena do choro de Neymar, mas não reprimiu atacante e afirmou que ele teve “coragem para externar sentimento”.

roberto pocaterra

VEJA: Brasileiros fazem carnaval antes do jogo e provocam argentinos

VAR anula pênalti em Neymar, mas Brasil vence Costa Rica com gols nos acréscimos

— Eu não conversei com o Neymar. Vou para a minha parte do vestiário até baixar a adrenalina, só tive contato com o Coutinho. Nem vi esse lance, não tenho como fazer a avaliação. Mas uma coisa eu posso te falar: a alegria, a satisfação e o orgulho de representar a seleção é muito grande. Ele tem a responsabilidade, a alegria, a pressão e a coragem pra externar esse sentimento. Eu, por exemplo, sou um cara emotivo, mas cada um tem a sua característica. Eu respeito as características de cada um — pontuou o treinador na entrevista coletiva